Vivências de Curta Duração – Força Estadual de Saúde do Governo do Maranhão

7 de junho de 2018

Vivências de Curta Duração é um novo eixo de Mobilidade Estudantil da IFMSA Brazil que tem como objetivo promover o desenvolvimento das potencialidades do estudante na realização de ações cívico-sociais que impactem positivamente a sociedade e o estudante onde o programa está inserido.

As Vivências de Curta Duração a partir de parceria da IFMSA Brazil com a Força Estadual de Saúde do Governo do Maranhão (FESMA) acontecerão no estado do Maranhão durante 4 semanas numa das 30 cidades maranhenses com menores IDHs do estado. Os alunos participarão do trabalho das Equipes Multiprofissionais da FESMA realizando uma visita observacional com possibilidade de aplicação de conhecimento prático.

MAS O QUE É A FESMA?

O Governo do Maranhão possui um dos piores índices IDH do país. Para melhorar a qualidade de vida de seu estado, o governador criou o Plano “Mais IDH”, e dentro dele a Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma), para atuar nos 30 municípios do Plano ‘Mais IDH’, tendo como foco prestar assistência aos que mais precisam, por meio do método da estratificação de risco e mapeamento de territórios com maior vulnerabilidade sóciosanitário. Os 120 profissionais da Força, que residem nas 30 cidades, trabalham para promover a diminuição da mortalidade infantil e materna, dos agravos provocados pela hipertensão e diabetes, além da identificação e tratamento dos pacientes com hanseníase. O método de trabalho utilizado é acompanhado pelas equipes municipais de profissionais de saúde das Estratégias de Saúde da Família (ESF) e da Atenção Básica, para que o município possa dar prosseguimento ao trabalho com as ferramentas de gestão estratégicas. Cada cidade do programa recebe uma Equipe Multiprofissional composta por um médico e dois enfermeiros. Para se ter uma ideia, nas 30 cidades de atuação do programa, iniciado há dois anos, as equipes da Fesma já atenderam 43.056 crianças da primeira e segunda infância (de zero a sete anos). Em decorrência desse trabalho, 67% dos municípios onde a Fesma atua houve 30% de diminuição da mortalidade infantil em 2016, comparado a 2015, segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde (MS). (leia mais em http://www.ma.gov.br/agenciadenoticias/saude/forca-estadual-de-saude/forca-estadual-de-saude-completa-um-ano-de-atividade-com-mais-de-meio-milhao-de-atendimentos)

CRONOGRAMA – FASE OFICIAL

  • Período de inscrições: 30.05 a 08.06
  • Seleção dos participantes: 08.06 a 10.06
  • Reunião de capacitação dos participantes: 11.06
  • Vivência de quatro semanas: 02.07 a 27.07
  • Avaliação/ Feedback: primeira semana de agosto

Confira o Relatório Fase Piloto Vivências de Curta Duração na FESMA!

Edital do Programa de Vivências de Curta Duração 2.0 (2018.1)

Tags: